8 de março: terceiro "Dia D" contra a Dengue

Desde o início do ano mais de 15 mil logradouros, incluindo casas, terrenos, prédios, lojas comerciais e áreas verdes de Posse já foram visitados pelos agentes da Secretaria de Saúde e voluntários no combate a este inseto que provoca várias doenças, além da dengue, como transmite o Zika Vírus e a Febre Chikungunya.
Segundo o prefeito municipal de Posse, José Gouveia, o envolvimento permanente de toda a sociedade no combate ao criadouro do mosquito é fundamental para que Posse não tenha uma epidemia destas doenças. “A atenção começa de casa. Tirando o lixo e acabando com a água parada. Uma tampinha de refrigerante com um pouco de água já ajuda o mosquito a procriar. A vigilância é permanente para garantirmos a nossa saúde e de nossa família”, alertou Gouveia.
A secretária municipal de Saúde, Bete Manieri, afirmou que a sociedade de Posse está realmente engajada. “Além dos voluntários que sempre nos ajudam, do Corpo de Bombeiros, servidores da Regional de Saúde Nordeste II, da Secretaria de Limpeza que sempre envia 23 servidores para nos auxiliar, desta vez teremos professores e alunos do IF Goiano e estão sendo programados dias “D” em cada escola de açodo com o calendário da Secretaria de Educação”.
Manieri ressaltou principalmente a ajuda da Fertimicro que doou uma tonelada de sementes de cotralária, uma planta que atrai libélulas, um dos principais predadores naturais do aedes aegypti e a ajuda da Empresa Transbrita, que cedeu um caminhão para a retirada do entulho que será recolhido pelas equipes nesta terça-feira.