E-SUS de Posse é modelo para Goiás e Tocantins, diz representante do Ministério da Saúde

O E-SUS vai substituir aplicativos de atenção básica atualmente em uso por todas as unidades de saúde municipais. Em Posse ele já funciona perfeitamente em quatro Unidades de Saúde Básica. O E-SUS substituirá o SIAB (Sistema de Informação e Atenção Básica), HIPERDIA (acompanhamento dos hipertensos e diabéticos), o SIS Pré Natal, que faz o acompanhamento das gestantes desde o início da gravidez até o parto e o SIVAN, que acompanha o Programa Saúde da Família. 
 
Rafael de Freitas acompanha 63 municípios de Goiás e Tocantins e afirmou que nenhum em o mesmo trabalho bem desenvolvido como Posse. Ele visitou as UBSs acompanhado da secretária de Saúde, Elisabete Manieri Carrazai.
 
"O objetivo do E-SUS é dar mais tempo para que os médicos acompanhem os pacientes e gastem menos tempo na frente dos computadores, preenchendo formulários de vários sistemas. Em Posse isto já está sendo garantido", afirmou Rafael.
 
O e-SUS foi implantado pelo Centro de Processamento de Dados da Prefeitura Municipal de Posse, com a utilização de plataforma free / open source, utilizando a estrutura do Sistema Integrado de Gestão Pública, o que possibilitou a instalação do sistema sem custos adicionais ao município.