Gouveia participa de reunião com ministro da Saúde para avaliar o combate ao aedes aegypti

No encontro, em que Marconi assinou um decreto com critérios para certificação de municípios livres do Aedes aegypti, Gouveia também se reuniu com prefeito de Divinópolis, Filoneto Jose dos Santos.
Segundo dados da Secretaria de Saúde do Estado a força-tarefa tem como meta vistoriar, por seis vezes, apenas no primeiro semestre, todos os imóveis do Estado, além de conscientizar a população para o trabalho contínuo de combate a criadouros e erradicar o mosquito em Goiás.
Em Posse o terceiro dia de mobilização ocorreu nesta terça-feira e mobilizou a sociedade local. O ministro da Saúde Marcelo Castro fez um elogio especial ao esforço feito pelas equipes de saúde municipais, aos secretários de saúde dos municípios e prefeitos pela sensível diminuição no número de focos em Goiás.
O trabalho é realizado por meio de visitas feitas pelas prefeituras em parceria com a Secretaria de Estado da Saúde e apoio do Corpo de Bombeiros. Em Posse todas as secretarias municipais e o Instituto Federal Goiano estão engajados neste trabalho, ressaltou o prefeito José Gouveia.
Mais uma vez o ministro da Saúde demonstrou preocupação com os imóveis fechados. “O agente indo a uma residência, estando abandonada, voltando depois em dias e horas diferentes e encontrando [a residência] da mesma maneira, o agente está autorizado a entrar a força, precedida dos cuidados de levar chaveiro, polícia militar e fazer um relatório circunstanciado”. O ministro explica que não adianta ter 99 casas com os devidos cuidados para não ter criadouros e apenas uma não cuidar.