MDA/INCRA realizaram mutirão de documentos no município de Posse-GO

O Mutirão de Documentação, aconteceu no PA. Nova Grécia, localizado a 11 Km, da sede do Município, beneficiando gratuitamente não somente as mulheres camponesas, como também homens e crianças dos assentamentos, quilombolas e a todos trabalhadores(as) rurais do município. O Programa também realizou ações educativas, com o objetivo de esclarecer as(os) beneficiarias(os), sobre o uso de documentos, bem como apresentar as politicas públicas e orientar quanto ao seu acesso.
 

O PNDTR faz parte do Plano Brasil sem miséria, no eixo Acesso a Serviços, e é a porta de entrada das mulheres rurais para participarem das politicas públicas. O foco da iniciativa para o campo, é viabilizar a inclusão produtiva das famílias do meio rural.
 

Na ocasião, prestavam serviço para o MDA/INCRA , os servidores(as): Regina Frazão-Gestora do PNDTR- na emissão de CPF, na hora, na base de apoio instalada no Departamento de Comunicação da Prefeitura Municipal de Posse, interligado via internet com o local do evento, em que se faziam presentes: Geraldina Silva; Maria Pereira; Alba Abreu; Cosme Balduino, ambos lotados no INCRA-DF,  com a adesão dos servidores do Instituto Nacional de Seguridade Social –INSS: Robson Ferreira; Eluila Souza; Paulo de Tarso.
 

Os cidadãos eram informados sobre seus direitos previdenciários  e encaminhados para o Posto do INSS mais próximo de sua localidade para fins de constatação de incapacidade para o trabalho, que é um dos requisitos para reconhecer o direito aos seguintes benefícios: auxílio-doença ou  aposentadoria por invalidez( tendo ou não relação com acidente de trabalho) e auxilio acidente (quando há sequelas que reduzem permanentemente a capacidade de trabalho.
Avalia ainda a invalidez dos dependentes para fins de concessão de salário-família(filho inválido maior de 14 anos de idade) ou pensão por morte e auxilio-reclusão(filho inválido maior de 21 anos de idade), e também informados na hora sobre a aposentadoria por tempo de serviço com comprovação documental.
 

“ Este Programa chegou em boa hora, tirei o meu CPF e não precisei pagar, sou muita grata” Diz: Tatiane dos Santos Silva, estudante e moradora do meio rural.
 

""

Tatiane dos Santos Silva, baneficiária do Programa Nacional de Documentação das Trabalhadoras Rurais (PNDTR)

 

“ É uma iniciativa louvável do Governo Federal em parceria com a Prefeitura no resgate dos direitos e da cidadania da mulher e do homem do campo”. Relata: Emivaldo Alves dos Reis-Presidente da Associação PA. Nova Grécia.
 

""

Emivaldo Alves dos Reis-Presidente da Associação PA. Nova Grécia

 

“A nossa meta de atender uma grande parte da população rural desse município, foi afetada pela não adesão do Estado de Goiás, em relação a emissão da carteira de identidade(RG),da mesma forma não obtivemos resposta de autorização do Judiciário local e nem do Cartório de Registro Civil em relação ao oficio encaminhado, objetivando a Certidão de Nascimento ao público alvo do Programa, encaminharei o ocorrido aos meus superiores”. Enfatizou a  Gestora do PNDTR-Regina Frazão, que assim que solicitada novamente pela Prefeitura Municipal, se fará presente neste município com a meta de atender uma grande parcela da população rural.

""

Regina Frazão, Gestora do Programa Nacional de Documentação das Trabalhadoras Rurais (PNDTR)
 

Na ocasião, a reportagem se deparou com Antônio Carlos (Tontoin) Assessor do Deputado Estadual Mauro Rubem(PT-GO), fazendo doação de 25 mudas de cajuzinho do cerrado e 25 de mangaba para a Associação PA. Nova Grécia, e na sequencia se prontificou de imediato apoio irrestrito aos profissionais do PNDTR, conduzindo ate Posse, as pessoas que necessitavam de Registro de Nascimento, conduzindo-as ao Cartório e ao Fórum da Comarca de Posse, com o intuito de Sensibilizar as autoridades, mediante a necessidade daquelas pessoas.    
 

Confira algumas fotos da ação

 

Texto: Ivan Carlos Brasileiro