MP-GO realiza em Posse o 1º Workshop do Projeto Viva Acessibilidade

Na ocasião, se fazia presente o Prefeito Municipal de Posse-José Gouveia de Araujo, o Prefeito de Guarani de Goiás- Volnei José Momoli, o Secretário Municipal de Administração-Armando Ayres, o Vereador Zilmar Alves, e demais representantes do seguimento organizado da sociedade.

""
 

O Promotor de Justiça da comarca de Posse, Dr. João Paulo, abriu os trabalhos, enfatizando sobre a importância do tema, razão pela qual solicitou a realização do workshop, por sentir a necessidade do município se adequar a Lei da Acessibilidade, de nº 5.296, foi publicado em dezembro de 2004, com o prazo para adequação até 2007. E até hoje a norma não é cumprida em sua integridade.
 

""

 

Na sequencia, o Promotor apresentou sua colega de trabalho, a Promotora de Justiça -Dra. Melissa Sanches Ita, Coordenadora de Apoio Operacional dos Direitos Humanos e do Cidadão(CAODHC), e o Eng.º Civil- Sergio Botassi dos Santos, Perito em Engenharia do MP-GO.

""

Segundo a Coordenadora Melissa, a intenção do projeto é a de ampliar o conceito de acessibilidade, através da comunidade e dos representantes do poder público, para que a questão possa ser trabalhada de forma adequada.
"Pretendemos ter um olhar à frente, que contemple mudanças necessárias para garantir a acessibilidade. Isso, sem deixar de olhar atrás e perceber que é preciso fazer adaptações, com a conscientização de que a acessibilidade precisa ser construída com a contribuição da sociedade. Leis nós temos, mas somente os mecanismos legais não mudam a realidade". Enfatizando Melissa, que o Brasil possui cerca de 45 milhões de pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida, segundo o ultimocenso do IBGE. Isso representa cerca de 24% da população brasileira.

O Eng.º Sergio, apresentou uma visão geral sobre acessibilidade, a partir do conceito do termo, esclarecendo também quais as principais barreiras para a mobilidade das pessoas com deficiência ou dificuldade de locomoção. Entre os obstáculos encontrados, ele citou as barreiras nas edificações(portas estreitas), urbanísticas (escadas), nos transportes (ônibus não adaptados), nas comunicações (orelhões muito altos) e atitudinais(preconceito com  o diferente), apontando diversos exemplos.

""

Em seguida, foram apresentadas as possibilidades de melhoria para a acessibilidade. Além da adaptação de prédios já construídos. A palavra foi franqueada ao público, e o Prefeito Gouveia, parabenizouo Projeto  do MP, reconhecendo os entraves no município, citando que a problemática envolve até uma instituição financeira da cidade, agravante por ser oficial, e não oferece um mínimo de acessibilidade para os portadores de necessidade especial, por não contornarem a barreira física que da acesso  ao primeiro andar. E diz: "Dr. João Paulo, e Dra. Melissa, parabenizo a atuação de vocês frente a este projeto , e podem contar comigo nesta empreitada, o momento é de unir esforços".

""

Por sua vez, Dr. João Paulo, agradeceu a presença de todos, e afirma:  "Temos que pensar assim Prefeito Gouveia, ser parceiro, o senhor  fez um gesto muito  bonito doando um terreno para os portadores de necessidade especiais, e idosos". O Promotor de Justiça, se referia a doação da área para a construção da nova sede dos Vicentinos.

O encerramento se deu, após a exibição de um pequeno filme de superação, onde os apresentadores do "Esporte Espetacular ", da Rede Globo de Televisão, entrevistam  Fernando Fernandes, ex- BBB, que após um acidente automobilístico ficou paraplégico, e se tornou um super –atleta, em varias modalidades esportivas. O exemplo, emocionou a todos, como uma lição de vida de que a história nos ensina que as crises normalmente enfraquecem os fracos e fortalecem os fortes.

""

""

""

 

Mais fotos do evento

Texto e fotos: Ivan Carlos Brasileiro