Sorteadas 330 pessoas para o Programa Minha Casa Minha Vida em Posse

Segundo o prefeito José Gouveia, o sorteio foi um verdadeiro sucesso, pois centenas de pessoas carentes, que não tinham até então condições de ter sua casa própria, foram contempladas.

Acompanharam o sorteio os representantes da Caixa Econômica Federal, Débora Bernardino e do Ministério Público, Renata Moreira, responsáveis por atestar a lisura do processo.  O vereador Juarez Mesquita representou a Câmara de Vereadores de Posse. Estiveram presentes ainda a Conselheira Habitacional Maria Marli e o vice-prefeito, Alex Soares dos Santos, o vereador Jair Pereira da Silva além de todo o secretariado da Prefeitura Municipal de Posse.

"Nossa meta é acabar com todas as favelas de Posse. Vamos trabalhar muito para garantir moradia digna e erradicar as favelas". O prefeito relembrou que na segunda etapa do Residencial Morada Nova será sorteado um número ainda maior de casas o que deve manter a esperança de quem não foi contemplado neste domingo.

"Um projeto destes não sai da noite para o dia. Quantas viagens eu e o secretário Armando Ayres (Administração) fizemos para Brasília em busca deste Programa. Em dois anos”, afirmou Gouveia.

Segundo o prefeito, após ouvir o depoimento do senhor Adenor Rodrigues da Silva, do Conselho Habitacional, sua emoção com a realização do Programa é ainda maior. Adenor disse em seu discurso que desde o início dos anos 2000 busca um programa habitacional, mas Posse nunca havia conseguido.

"Eu não sabia deste movimento Adenor, porque você não me procurou. Não sabia deste movimento do início do ano 2000 e que nada foi feito. Isto me emocionou. Nós assumimos aqui a Prefeitura em janeiro de 2013 e hoje com menos de dois anos e meio, este sonho que você falou que é este sonho das pessoas, está sendo realizado através de trabalho, de parceria da Prefeitura, dos secretários municipais e do Governo Federal".

Além das 330 pessoas contempladas para a primeira etapa, foram sorteadas ainda mais 200 pessoas para o cadastro reserva. Os nomes dos sorteados já estão à disposição, com a lista afixada no Centro da Juventude.

As primeiras 330 pessoas sorteadas têm agora três dias, (primeiro, dois e três de junho) para entregarem sua documentação completa e passarem pelas investigações feitas pela própria Caixa Econômica Federal para se habilitarem a receber o imóvel. A entregada dos documentos acontece no Centro da Juventude.

Relação de candidatos idosos sorteados

Relação de candidatos deficientes sorteados

Relação de candidatos sorteados em ordem alfabética

Os sorteados devem entregar Identidade, CPF, Certidão de Nascimento (se solteiro) ou Certidão de Casamento (se casado) e toda a documentação do cônjuge. Em relação às pessoas casadas, todos os dois terão suas informações conferidas pela Caixa.

No critério de habilitação da Caixa Econômica, ela investigará a renda dos sorteados, por meio do seu CPF, se ele em algum momento de sua vida já foi proprietário de imóvel, se ele já em algum momento de sua vida foi beneficiário de qualquer programa habitacional. Estes são apenas alguns dos critérios de exclusão da Caixa e por este motivo já foram sorteadas mais 200 pessoas do cadastro reserva.

Caso qualquer pessoa tenha alguma dúvida em relação ao sorteio deve procurar a Secretaria de Ação Social. As denúncias devem ser feitas, por escrito, e encaminhadas para ao Ministério Público que acompanha todo o processo.