Cidade Digital

As cidades são sistemas complexos. Desde as primeiras necrópoles pré-históricas até as contemporâneas megalópoles, as cidades nascem, crescem e desenvolvem-se a partir de fatores sociais, culturais, políticos, tecnológicos. No século XVII, a ciência e a tecnologia tornam-se importantes para o desenvolvimento do espaço urbano. A era industrial que se inicia no século XVIII vai moldar a modernidade e criar uma urbanização planetária. Hoje, em pleno século XXI, as novas tecnologias de comunicação e informação imprimem novas marcas ao urbano. As cidades digitais são as cidades da globalização, onde as redes telemáticas fazem parte da vida cotidiana e constituem-se como a infra-estrutura básica e hegemônica da época.
André Lemos

Entende-se, por Cidade Digital, a criação de infra-estrutura, serviços e acesso público em uma determinada área urbana para o uso das novas tecnologias e redes telemáticas. O objetivo é criar interfaces entre o espaço eletrônico e o espaço físico através de oferecimento de teleportos, telecentros, quiosques multimídia e áreas de acesso e serviços. Há inúmeras iniciativas no Brasil. O Ministério das Comunicações elaborou um Plano Nacional de Cidades Digitais para levar banda larga a todo o país. O objetivo é articular ações de inclusão digital, levando acesso à internet para toda a população em cinco anos.

Na cidade de Posse-GO o projeto tem por objetivo interligar os órgão da administração pública da esfera municipal, centralizando as informações dos contribuintes/beneficiários e usuários dos serviços públicos, permitindo a transparência na gestão dos recursos e mais agilidade no atendimento a população.

O núcleo do sistema utiliza softwares free e open source, o que reduz os custos com aquisição de sistemas proprietários. A interligação dos pontos é feita através de rede wireless.

A interligação dos pontos está sendo realizada pela Cultura Net, um provedor de internet wireless.

Centro de Processamento de Dados
[email protected]