Gouveia pede ao IBGE revisão do coeficiente habitacional de Posse

Em sua justificativa, o Gouveia explica que nos últimos anos Posse teve um aumento significativo de sua população, alavancado por grandes investimentos do governo federal, “entre eles a construção de 700 unidades habitacionais”. Gouveia reforçou o fato de que Posse se encontra na divisa com a Bahia, sendo esta uma região de fronteira agropecuária que atrai grande número de trabalhadores.
 
O prefeito de Posse ressaltou ainda que a correta qualificação do coeficiente habitacional deste município beneficiará a todas as demais cidades da região, já que Posse é a maior cidade do Nordeste de Goiás e fornece diariamente serviços médicos, educacionais e de comércio para os demais municípios da Região.