Gouveia tenta acordo com Estado para trazer um IML para Posse.

Nesta segunda-feira o prefeito esteve reunido com a superintendente de Polícia Técnica Científica da Secretaria de Segurança de Goiás, Dra. Rejane da Silva Sena Barcelos, que penhorou seu apoio à solicitação do prefeito de Posse e informou que vai levar o pleito ao secretário Joaquim Mesquita. 
 
A instalação de um IML em Posse, que atenderia a toda a região Nordeste do Estado já foi tema de audiências anteriores com Mesquita, que entende a necessidade da região. “Muitas vezes demora até seis horas para que um corpo possa ser recolhido e enviado ao IML mais próximo, que fica em Formosa”, afirma Gouveia.
 
Segundo José Gouveia a Prefeitura de Posse está disposta a auxiliar o Estado no que for possível para a instalação do IML. “Podemos ajudar na doação de terreno e procurar um local adequado”, informou Gouveia. Estas ofertas de ajuda serão mais uma vez debatidas com o secretário Mesquita, desta vez pela superintendente de Polícia Técnica. Caberá ao Estado equipar o IML e trazer para Posse o número de legistas adequados para atender a toda a região.